domingo, 9 de março de 2014

Parazinho: Secretária de Educação pede exoneração do cargo


Priscila agradeceu pelo companheirismo dos funcionários
Marquinhos lembrou dos avanços conquistados por Romeyka Priscila
A secretária de Educação do município de Parazinho Romeyka Priscila anunciou oficialmente sua saída do cargo durante reunião técnica e administrativa com o corpo técnico da  secretaria e diretores das escolas da rede municipal na última sexta-feira(7). Romeyka começou a reunião agradecendo a presença de todos os funcionários, e em clima de emoção comunicou que a partir daquela data estaria entregando a pasta, explicando na sua fala alguns motivos que os levaram a tomar a sensata decisão.
Romeyka iniciou dizendo que a decisão foi tomada com muito cuidado e sensibilidade junto ao prefeito Marquinhos e que marcou esse momento porque tinha e precisava dar uma sensata satisfação e oficializar aos colegas o pedido de exoneração do cargo. “eu gostaria de esclarecer é que eu tenho um princípio em minha vida que é me deixar ser conduzida por Deus; e eu nunca faço as coisas que eu quero, faço as coisas que Deus toca em meu coração”, disse.
“Esse é um momento que Deus está na frente e ele vai continuar abençoando porque ele sabe o respeito e a seriedade do meu trabalho pela Educação, ele também sabe o que eu tenho realizado dentro desse município, se eu continuar na educação hoje como secretária eu não estarei sendo coerente comigo e com o respeito que eu tenho a Educação, é por isso que eu estou saindo hoje (07 de março de 2014) da secretaria; espero que vocês mim entendam e respeite essa decisão que não foi tomada pela emoção, não foi em um momento de discussão ou desespero. Foi uma decisão tomada na razão diante de algumas situações impostas e eu espero que a gente consiga levar a frente o que construímos no ano de 2013, que foram muitas coisas” disse Romeyka.
Na sua fala o prefeito Marquinhos agradeceu o excelente trabalho desenvolvido pela secretária na pasta da educação e destacou: “Antes de eu ser prefeito eu já a conhecia como pessoa e isso foi o que mi levou a tomar a decisão de tê-la como secretária de educação; desde o início eu dizia isso porque conhecia sua competência e seu discernimento no que faz. Ou seja, no segmento educação, segmento esse que requer muita dedicação foi ela que mim disse como eu teria que fazer na pasta educação, então todas as propostas apresentadas eu e ela aprovamos, todas as pessoas que compõem essa equipe foram escolhidas na ponta dos dedos foi ela quem descobriu o que cada um funcionário faz de melhor”.
“Nós perdemos a mesa, não perdemos as pedras do xadrez; sem as pedras podemos jogar até no chão”... Com Priscila era a mesma coisa era ela a mesa e a ancora da Educação, mas sem uma ancora se vem outra. Eu apenas perdi uma grande funcionária, mas ela não vai deixar de ser secretária ela apenas pediu exoneração de um cargo por precisão e por pretender crescer profissionalmente fortalecendo seu currículo da vida. A SMEC continuará com as mesmas orientações, sua presença sempre será solicitada quando necessário. Nós perdemos apenas a atuação física de uma secretária, entendam isso!” Concluiu Marquinhos.




Parazinho na mídia

Nenhum comentário:

Postar um comentário