terça-feira, 26 de julho de 2016

Petroleiros e MST boqueiam BR-304 em protesto contra a saída da Petrobras do RN

As mobilizações acontecem simultaneamente em todos os estados do Nordeste e no Espírito Santo (Foto: Luciano Lellys).
Petroleiros e integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) interditaram a BR-304, próximo à base da Petrobras, em Mossoró, na manhã desta terça-feira, 26 de julho, em protesto contra a venda dos campos maduros de petróleo pela estatal. As mobilizações acontecem simultaneamente em todos os estados do Nordeste e no Espírito Santo.
“A venda dos campos maduros e saída da Petrobras do RN vai afetar 150 mil pessoas pelo desemprego direto e indireto, além daqueles que deixarão de ser atendidos pelos projetos sociais da estatal. Nenhuma dessas empresas independentes de extração de petróleo apresentou um plano de desenvolvimento dos campos e de investimentos, tampouco tem a capacidade para manter os empregos e projetos sociais”, disse o coordenador geral do Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro/RN), José Araújo.
O coordenador afirma ainda que a Petrobrás também tem 18 mil trabalhadores com plano de saúde estendido aos familiares no RN, sem a estatal, todas essas pessoas terão de recorrer ao SUS, sobrecarregando mais ainda o sistema de saúde pública. Outro impacto negativo da venda dos campos maduros será sentido pelas prefeituras devido à proposta de redução dos repasses de royalties pelas empresas.
 (o Mossoroense)

Nenhum comentário:

Postar um comentário