terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Parazinho: irmão de uma das vítimas de acidente mostra sua indignação com morosidade das autoridades



Um irmão de uma das vítimas do acidente que vitimou fatalmente dois pais de famílias que vinham de uma festa, onde haviam ido ganhar o pão para o sustento da família, em e-mail relata sua indignação pela morosidade como o fato vem sendo apurado pelas autoridades competentes para se punir o culpado. Confira:
É com um profundo sentimento de angústia e revolta contra as injustiças que reinam nesse país que venho escrever para esse renomado blog de nossa cidade. Amanhã 09 de Janeiro de 2013 fará quatro meses que meu irmão Carlos André Pedro da Silva e seu cunhado Marcos Antônio Pereira da Costa, ambos pais de família, perderam suas vidas em um acidente automobilístico na cidade de Parazinho-RN. Eles dois juntamente com meu outro irmão e um amigo deles estavam voltando de uma festa, onde estavam trabalhando para sustentar suas famílias. E foram atingidos por um veículo, que era conduzido por um irresponsável, filho de uma ex-vereadora de nossa cidade. Segundo testemunhas ele encontrava-se com sinais de embriaguez, e segundo comenta-se havia outras coisas dentro do veículo, mas só que o veículo causador do acidente foi retirado do local antes que a perícia fosse realizada. 
Hoje quatro meses depois os laudos do ITEP ainda não foram feitos. E com isso nada do caso ainda foi feito. Em conversas com a perita do ITEP, que esteve no local do acidente, ela afirmou que não era possível apontar o culpado, pois o veículo foi retirado do local do acidente antes que a perícia fosse realizada. Mas aí me vem a pergunta, qual era o papel da polícia no dia do acidente naquele local, não era de resguardar o local do acidente até a chegada do ITEP?? Por que o senhor comandante da PM daquele município, na época do acidente, autorizou a retirada do veículo??? 
Eu também me pergunto será que essa morosidade toda do serviço público é só nesse caso??? Será que tem alguém que tenha interesse que a coisa não ande, e por que será que o irresponsável que provocou o acidente fez o exame de corpo delito na mesma semana do acidente, e as 10 e 20 da noite, horário esse, que segundo o pessoal que trabalha la, não é feito esse exame.
 Enquanto isso meu irmão só veio fazer esse exame mês passado, apos ter ameaçado denunciar esse órgão nos meios de comunicação. Toda essa morosidade nos angustia todos os dias, nos deixa impotentes e descredulos com as leis, as autoridades e a justiça Brasileira. O fato e que com a retirada do veiculo do local do acidente, o irresponsável que provocou tudo pode sair dessa ileso. E quem perdeu suas vidas foi quem saiu perdendo. 
Mas ai eu pergunto, qual o valor de uma vida, quando somos tratados dessa forma podemos ver que nos humanos não damos valor nenhum a vida do próximo, mas esquecemos que futuramente pode ser qualquer um de nos que vamos cruzar o caminho de um irresponsável, que nunca soube o que e trabalhar na vida, que tirou a vida de dois pais de família e deixou um totalmente invalido. E que por ser filho de gente rica e influente, todos querem ajudar a livrar a cara desse sem futuro.
Grato pela atenção
Paulo Sergio Pedro da Silva 

Fonte:blog de Assis silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário